Gadget feito do site Bíblia Online


13.8.14

Sobre Interesse (livre pensamento)


Com o passar dos anos e, à medida que envelheço, avalio algumas hipóteses que nunca imaginei. Observo o comportamento das pessoas, seres humanos de verdade, e percebo que todo mundo tem interesse em alguma coisa. Alguns se interessam por coisas positivas, outros por coisas negativas, contudo, no geral, todos se interessam por alguma coisa em algum momento.

Existe interesses em livros, em filmes, em futebol, em política, dinheiro e etc. Esses interessem são comuns a todos, e estão mais relacionados a preferências, ou seja, não necessariamente interesses em si, na verdade são mais preferências, gosto, do que propriamente interesse.

Interesse na conjectura que faço é aquilo que interessa de fato, àquilo que é interessante, por algum motivo ou por alguma razão desperta em alguém o desejo, a vontade. Provoca no interessado uma saída forçada da inercia, da estagnação, cria no interessado um movimento de saída do ponto de origem em direção ao objeto de interesse. Por exemplo: Quando decidimos comprar alguma coisa que despertou o interesse, fazemos as análises da viabilidade econômica, avaliamos as limitações, consideramos a necessidade, e superamos ou nos esforçamos em superar as barreiras para adquirir àquilo que despertou em nós o interesse.

Penso que o interesse esteja relacionado com algum tipo de emoção ou sentimento, é como se despertasse dentro das pessoas uma vontade de ter, uma motivação em dedicar atenção ao que interessa. A descoberta do interesse provoca um entusiasmo em quem se interessa por algo.

Enfim, com base nessa hipótese levantada, acredito que seremos melhores vendedores se soubermos despertar o interesse nos clientes sobre o que vendemos. Talvez até mesmo sobre as nossas ideias, quem sabe as pessoas não se interessam mais no que temos a dizer se o que dissermos for interessante¿ Quem sabe as pessoas prestarão mais atenção em nós, se nós mesmos nos tornarmos pessoas mais interessantes¿

Com base na minha experiência, sejamos mais interessantes cultivando atitudes que despertem nas pessoas o interesse em conviver conosco.

Que assim não precisaremos mais forçar a barra para sermos aceitos, cobrando atenção como se as pessoas nos devessem alguma coisa. Seremos melhores vendedores, quando conseguirmos tornar o nosso produto ou a maneira com o vendemos mais interessante.

Nenhum comentário: