Gadget feito do site Bíblia Online


27.8.09

...o que é o evangelho?

Que pergunta complicada para alguns. Talvez para outros, essa pergunta não tenha nem resposta, ou talvez, seja tão complicado que somente sendo uma espécie de reencarnação de Spurgeon fosse possível responder.

Fiquei uma madrugada quase inteira buscando nos meus alfarrábios da imaginação e das lembranças uma forma de responder essa pergunta de tal maneira que me satisfizesse, mas sem êxito. Corri para internet no afã de encontrar uma resposta, mas também sem sucesso. Tive outra idéia, vou ler a bíblia para ver se nos comentários de rodapé ou talvez em algum texto que eu tenha marcados encontrasse uma resposta que me satisfizesse. Finalmente, na bíblia encontrei uma resposta muito simples, que talvez não compreenda a totalidade do que seja o evangelho, mas de algum modo me deu uma diretriz, encontrei em I Cor. 13. Lí o capítulo inteiro, pra variar um pouco a minha compulsão, mas ainda assim ficou muito abstrato.

Então, pela manhã, depois de acordar de um breve cochilo, orei ao Pai Eterno pedindo que me desse um exemplo prático do que seria o evangelho.

Ao longo do manhã cumpri com as minhas obrigações e compromissos, atendi aos agendamentos que fiz para essa semana, visitei todos os shoppings que tinha de visitar em Belo Horizonte, mas num shopping em especial encontrei uma idéia da definição de evangelho.

Na fila de uma loja, em que eu estava passando vi um casalzinho de namorados se beijando, aparentemente uns 13 anos eles tinham. Estavam acompanhados de um menino que parecia ter uns 9 ou 10 anos, todos estavam conversando quando me aproximei por algum motivo e ouvi a seguinte frase: "Meu Deus, minha namorada e meu irmão estão contra mim". Estavam falando de um filme que não gostaram de assitir de assitir no cinema, achei aquela cena muito bonitinha e carinhosa, típica cena de crianças descobrindo o universo.

Seria uma cena super comum senão fosse o fato de o casalzinho de namoradas serem duas meninas aos beijos e abraços em pleno shopping center curtindo uma passeio.

Logo entendi que o evangelho vai muito mais além do que uma simples definição ou demonstração moral de respeito, o evangelho tem haver com amor, afeto, respeito, carinho, dedicação ao senhor e ao ser humano. Principalmente, amor por duas adolescentes que estão descobrindo o amor de um jeito diferente. O evangelho tem haver com amar o indivíduo independente do que o indivíduo escolher fazer da sua vida, é respeitas as escolhas e estar sempre disponível para amar apesar das nossas diferenças.

Quero viver esse evangelho da disponibilidade pra quem quer que seja, de onde seja e para onde queira ir. Estarei sempre disponível com a mesma mensagem de amor, apesar das coisas inusitadas dessa vida que ainda vamos ver.

"O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acaba...

Quando, porém, vier o que é perfeito, então, o que é em parte será aniquilado. Porque, agora, vemos como em espelho, obscuramente; então, veremos face a face. Agora, conheço em parte; então, conhecerei como também sou conhecido."

Belo Horizonte, MG - 27/08/2009 à 1:03 da manhã

Nenhum comentário: